15 julho 2011

O Testemunho da Maria Clara e o agradecimento dos seus pais a todos que estão junto conosco nesta caminhada (escrito por Rosane Souza Caixeta)

Hoje é dia 16 de Maio de 2011, sou a mãe de Maria Clara S. Caixeta, Rosane, e lendo o livro 365 dias com o senhor nesta mesma data, num trecho que diz que Jesus quer não apenas que falemos sobre as bênçãos e glórias que recebemos, mas que também escrevemos sobre elas, então decidi escrever em gratidão a tudo o que ele tem feito em nossas vidas, porque Deus está nos abençoando neste momento e está dando a chance de estarmos com ele no seu reino, então aos amigos e aos que um dia serão , que todos saibam sobre esta parte da história de nossas vidas, que Deus tem agido através de todos que tem nos ajudado e que somos imensamente gratos, e que todos possam ver o que está para acontecer e que possam ver o quanto Deus é Grandioso e Misericordioso.
Um dia cheguei à casa da minha irmã, onde a Maria Clara e a Gabrielle ficavam após a escola e notei que a Maria Clara estava muito pálida e com olheiras profundas, e me assustei muito, era numa quarta feira dia 3 de novembro, apesar disso achei que era apenas um cansaço aparente, mas no dia seguinte quando foi a escola ela vomitou e a direção da escola pediu que fosse buscá-la para levá-la ao médico. Na sexta feira eu não fui trabalhar para ficar com ela em casa.
Ai no dia 06 de novembro a Maria Clara estava se sentindo mal, estava na cama comigo e eu estava fazendo massagem na perninha dela e na barriguinha porque ela disse que estava doendo muito, ai ela virou derrepente para mim e disse – mamãe eu vou morrer, porque temos que nascer se vamos morrer. E então eu senti um choque, não dormi a noite inteira pensando no que poderia estar acontecendo, muito assustada resolvi levá-la ao pronto socorro no dia seguinte, então fomos ao Samaritano em Campinas.
 O médico que atendeu fez algumas perguntas e após decidiu fazer um hemograma e pediu que voltássemos após 2 horas, pois como era domingo demoraria um pouco para sair o exame de sangue. Fomos para casa para esperar o resultado.
Como demoramos um pouco para voltar e já tinha  se passado 3 horas após o horário marcado, o médico acabou ligando pedindo que fossemos o mais rápido possível para conversar com ele, pois o resultado do exame não estava bom, e após a consulta o médico pediu para no dia seguinte levar a Maria clara com a máxima urgência para o pediatra.
Ligamos ao Dr. Napoleão, seu Pediatra, e ele disse que éramos para estar no consultório dele a 1 hora que era o horário que ele começa a atender e que ele atenderia a Maria clara primeiro que todos, após olhar o exame ele disse que provavelmente seria uma leucemia, e disse que ia ligar para um amigo dele médico que trabalhava no Boldrini, o Dr. Amilcar e que nós já poderíamos ir direto para lá, pois o caso era sério.
 Quando chegamos ao Boldrini, já chegamos com a internação pronta, fomos apresentados para varias médicas e cada uma com uma especialidade,  foram então explicando tudo sobre a doença e que ela  teria que passar por alguns exames para ver que tipo de leucemia ela tinha, e muitas dúvidas surgiam na nossa cabeça.
Após o exame, foi verificado que ela tinha Leucemia Linfoblástica Aguda, tendo que começar urgente o tratamento com as quimioterapias, uma vez que seu baço, rins e fígados já estavam prejudicados. Nos primeiros 20 dias de tratamento ficamos internados, a Maria Clara passou muito mal, vomitava e tinha muitas câimbras e um dia a noite uma enfermeira esqueceu-se de fechar direito o encaixe da mangueirinha do soro e quando eu cheguei às 05h30min da manhã levada pelo sexto sentido, vi que ela estava lavada de sangue, com os travesseiros encharcados e tomei o maior susto, dava para torcer o travesseiro, onde que acarretou em uma convulsão pela  queda de potássio, as células não queriam passar pelo rim. As médicas decidiram que deveriam fazer uma hemodiálise, pois, os rins queriam parar, ai foi quando Maria Clara recebeu a visita de Jesus pela 1º vez, a porta do quarto derrepente se abriu e pude sentir um vento entrando pela porta, der repente veio a minha cabeça, se for Jesus pode entrar, pois depois de 15 minutos as médicas vieram e disseram que a Maria clara tinha feito uma diurese grande e que não ia precisar mais fazer a hemodiálise.
Após esses 20 dias fomos para casa, pois a leucemia é parte da hematologia do Boldrini e é tratado em outro prédio a parte, vamos para fazer a quimioterapia e voltamos para casa, ai caso aja uma intercorrencia temos que voltar imediatamente, pois ele tem controle sobre as drogas administradas, mas é muito difícil o controle sobre as infecções, bactérias e vírus.
Após dois meses de tratamento o cabelinho tão estimado da Maria clara começou a cair, ela sentiu muito, pois não queria nem ouvir falar em cortar, e outra situação também difícil foi ficar sem a escola, pois com a defesa baixa não tinha como freqüentar as aulas.
Então o tratamento foi seguindo muito bem, ela muito forte quase nem sentiu o tratamento, pelo que estávamos vendo comparando a outras crianças a Maria clara se superava, quase nem vomitava, não perdia peso nem nada, estava indo muito bem, até três meses.
Depois de três meses a médica nos chamou e disse que a Maria clara estava com a doença rescindida, e que teríamos que começar outro tratamento e que agora teria que ser mais agressivo e começaríamos com uma semana de ataque com drogas pesadas.
Bom, depois desta semana de ataque, voltamos para casa e a cada três ou quatro dias vamos a hematologia para o controle, ai ela começou a sentir um pouco mais os efeitos destas drogas, pois a defesa cai muito e a muco site é inevitável.
Um mês mais ou menos após o inicio desta fase que a doença rescindiu a minha tia me ligou e disse que a Maria do terço, uma senhora que conversa com nossa senhora havia ligado e disse que uma sobrinha dela havia marcado um terço em sua casa, na verdade nem nos lembrávamos mais e talvez nem tenha sido eu, mas por alguma razão aquele terço ia ser realizado na minha casa e foi o que aconteceu.
Então chegou o grande dia, arrumamos tudo para o terço, e então der repente veio a noticia de que a Maria não poderia vir, pois ela foi fazer uma compra para a empresa em que trabalhava e não dava para ir, pois seu chefe a segurou, ai vieram as pessoas que acompanham o terço e o marido da Maria, confesso que fique decepcionada, aliás, muito decepcionada por ela não ter ido, mas não impediu de acontecer o que tinha que ser que seria a benção desta família e o inicio de uma vida nova com Jesus, pois estávamos no terceiro mistério, na hora do pai nosso quando decidi chamar a Maria clara para ir rezar conosco quando ela disse que não iria La fora, pois estava com medo que ela era muito grande, então perguntei - Ela quem?, Do que está falando?, ela disse Nossa Senhora, tenho medo, ela é muito grande, sem entender muito do que estava acontecendo, falei então fica aqui que a mamãe vai rezar La fora.
No dia seguinte ela logo cedo começou a desenhar Nossa Senhora em um papel me dizendo que era daquele jeito que ela a havia visto com uma túnica azul, um vestido branca muito bonita, parecia maquiada, então até fez um comentário que ela estava tão bem arrumada, mas, engraçado ela estava descalça.
Então na verdade não estávamos acreditando muito, pois como assim ver Nossa Senhora, diria que seria muito difícil ai falei com a minha prima que me disse deixa ela é a fé dela, é bom que ela acredite. Então no domingo a Maria do terço ligou e disse que na sexta feira quando estava acontecendo o terço ela acompanhava junto da casa dela, e disse que a Maria clara realmente viu Nossa Senhora e que era para acreditar nela, pois Nossa Senhora disse a ela para voltar a minha casa para rezar outro terço porque a Maria tinha que conhecer a Maria clara.
Então na mesma semana uma pessoa que havia marcado o terço desmarcou e após 15 dias ter se realizado o primeiro terço, realizamos o segundo terço, novamente quando chegou o terceiro mistério Nossa Senhora desceu e a Maria clara juntamente com a Maria viu novamente Nossa Senhora, ela conta que Nossa Senhora disse a ela que Deus a iria curá-la no terceiro terço, então na semana seguinte houve outro terço, mas desta vez na casa de outra pessoa, então Nossa Senhora disse a ela e a Maria do terço que a Maria clara já estava curada, mas que ela teria que passar por alguns procedimentos do tratamento e que a Maria clara vai ser uma evangelizadora.
Ai passou alguns dias e então tivemos que ficar internados dez dias tomando quimiu e tratando de uma bactéria que ela pegou, pois sua defesa estava baixa, os antibióticos são bem fortes e ela ficou meio que debilitada, mas nos dias que ficamos em casa ela deu uma recuperada e na segunda feira seguinte internamos para tomar quimiu novamente. Ficamos três dias, mas a Maria clara estava chateada porque na cabecinha dela curada significava estar livre de tudo o que estava passando, então não queria comer nem tomar os remédios que os médicos davam a ela, ai saímos na quarta feira, e ela ficou quinta, sexta, sábado sem comer nada sem se levantar e sem querer falar com ninguém, então aconteceu o inesperado.
No domingo pela manha na casa da minha vó a Maria clara me acordou com um sorriso enorme me dizendo bom dia e me pedindo pão com ovo, foi o sorriso mais lindo que já vi na vida, fiquei impressionada, não imaginei o que estava por ser revelado, ela passou o dia cantando, dançando e falando como uma tagarela, a noite quando deu umas 8 horas, fui para a cama e chamei-a, disse a ela vamos conversar, ela me disse ta bom vou contar a você o que aconteceu, e então ela disse que eu estava dormindo e a minha vó e a minha tia haviam ido a missa e deixado a porta aberta, ela disse que abriu a porta e viu uma luz muito forte e viu Jesus com uma túnica amarela até os pés e de cabelos compridos e de bigode e disse que ele não tinha barba como falam e ele mostrou as mãos com as marcas do prego, e com ele havia onze anjos, ainda perguntei como sabe você contou?  ela disse que é porque tinha 5 de cada lado e um atrás, então Jesus disse a ela para ter fé, amor, confiança, caridade, alegria e paz e disse que Deus já há havia curado e que era para ela esperar o tempo de Deus, e que ela ia crescer, ser uma pessoa do bem iria fazer caridade e que seria uma pessoa abençoada, e que Jesus está andando pela terra e que agora é a hora da conversão, e disse também que é para toda a noite sentarmos em família para o jantar e lermos um pedaço da bíblia, e disse a ela para antes de dormir rezar o creio em Deus Pai e Santo Anjo do Senhor, depois disse mamãe nossa senhora é tão linda, ela sempre cura as pessoas com aquele sorriso lindo?
Então seguimos o tratamento novamente, mas agora com mais coragem e confiança, e na segunda feira fomos ao hospital novamente, quando chegamos lá a Maria clara estava com uma febre muito alta, ai após o exame foi constatado que a Maria clara estava com uma bactéria devido à baixa imunidade, estava apenas com 200 de defesa e então internamos novamente, ficamos uma semana e quando chegou na segunda feira de manha por volta das 10h00min estávamos fazendo uma oração e der repente ela olhou para o lado e não respondia, até pensei que estava vendo alguma coisa, ai eu chamei ela e ela me disse pêra ai deixa eu ver onde você está ai sai correndo chamando as enfermeiras, elas vieram e colocaram os aparelhos o batimento cardíaco estava a 145 depois foi subindo e para eu não ficar nervosa quando chegou a 185 eles desligaram e deram duas injeções de diazepam para diminuir o batimento cardíaco, mas ela não respondia estava com o olhar parado olhando para o lado e a boquinha tremia como se estivesse tentando falar alguma coisa, ai os médicos desceram para fazer uma tomografia, pois o primeiro diagnóstico seria um derrame cerebral, na tomografia ela começou a voltar e então o médico disse que não sabia o que havia acontecido, mas não era um derrame, estava tudo bem, o que poderia ser talvez fosse uma intoxicação da quimio, devido a dose ser muito alta para controlar a doença.
Então ficamos segunda e terça na UTI e voltamos para o quarto, quando foi na quarta feira ela virou para mim e disse mamãe, vamos ter que rezar um terço antes do por do sol, mas hoje não da mais que está a noite, então meu marido perguntou o que é isso, eu disse deixa deve ser a fé dela, mas no dia seguinte logo pela manha me disse, mamãe hoje não podemos esquecer de rezar aquele terço antes do por do sol, eu disse Maria clara por quê?, - porque ele disse – mas ele quem? -  Jesus,  - mas porque antes do por do sol?, porque foi no por do sol que tiraram Jesus da cruz, mas antes abre a bíblia no meio e Le o que está escrito sobre Noé, ai levantei e mais que depressa abri a bíblia no meio e não achei, então pedi que com as mãozinhas dela ela abrisse para mim e ali estava Hemoc e Noé, eclesiástico 44, versículos de 16 a 19.
Então o que dizer de tudo, a não ser que Deus tem um propósito em nossas vidas, muitas vezes não entendemos o porquê, mas ele sabe e está olhando por nós e isto é só o principio.

Queremos agradecer a todas as pessoas que Deus tocou através da Maria Clara, e que escutaram o seu chamado e vieram fazer orações para ela, ou estão nos ajudando também de diversas formas, que continuem, para nos dar forças, porque somos humanos e frágeis e iremos precisar de vocês em orações até que se cumpram as palavras de Deus e depois para comemorarmos esta vida em abundância.

 http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=108191444 – Orkut da Comunidade de Maria Clara de Souza Caixeta

6 comentários:

milla disse...

nossa que lindo tudo isso. Fiquei emocionada de verdade...A presença de DEUS e de NOSSA SENHORA esta na vida de MARIA CLARA. Que a fé venha a renascer a cada instante em nossas vidas. Estou rezando por vcs, bjus

Claudia Katalyne disse...

Que Deus estaja sempre ao teu lado querida.
Creia que Deus irá fazer o milagre na sua vida!
Deus te abençõe pequena guerreira.

Anônimo disse...

Que testemunho forte! Vc é um anjo Maria Clara e serás serva do Senhor!

maurize disse...

Emocionante tudo isso!com a graca da Nossa Senhora e a bencao de Deus que essa mimosa tem muita fe e coragem pra ser uma lutadora e uma vencedora!um beijo enorme cheio de vibracoes positivas no seu coracao!

Anônimo disse...

Fiquei super emocionada com esse testemunho,com certeza Maria Clara é um anjo de Deus.Estamos torcendo por vc Maria,continue forte e com sua fé, porque vamos sair dessa...
Estarei sempre com vc!!!bjinhos

luziene(serra negra) disse...

nossa to arrepiada com seu testemunho,minha filha Gabrieli 5 anos tambem faz tratamento no boldrini hj inclusive fomos passar em consulta graças a deus ela esta bem,eu sei como e dificil essa luta mas tenho fe em deus que vamos ter grande vitoria!!fica com deus estou orando por vcs.

Postar um comentário

Deixe um recadinho pra mim: